segunda-feira, 31 de maio de 2010

Ecolover´S & Ecomaniac´S - Parte I

Desde que a 1h100Pc Se Liga! Desliga. está no ár, nós já entramos em contato com vários tipos de pessoas. Confesso que não foi uma ou duas, mas várias já fizeram piadinha com o nosso tema, e várias pessoas nos disseram que de nada vale lutar por um mundo melhor. Desconsiderando os comentários e as piadas dos "Ecoinúteis", gostaria de falar melhor sobre dois grupos de pessoas que começam a mostrar a sua identidade.

O primeiro grupo se enquadram em um termo nada novo que são os "EcoLover´S". O termo Ecolove já é utilizado desde 1994, mas direcionado especificamente à pessoas acredito que seja a primeira vez, a opção de comentar esse post te dá o direito de não concordar com isso ou até mesmo nos dizer qual foi a primeira vez.

Os Ecolover´s são bem simples de entender. Porque a sua relação com sustentabilidade se dá mais pelo fato de produtos, acessórios e roupas ecológicamente corretas. Gostam de marcas alternativas, roupas com mensagens reflexivas, e claro, que foram produzidas através de material reutilizável. Gostam de acompanhar notícias de ONG´S e dependendo das ações, até chegam a participar.

Muitas pessoas se encaixam nesse perfil, já que hoje sustentabilidade está na moda, ficou muito mais fácil utilizar uma roupa ecológica sem ser taxado de "hippie" ou "alternativo extremo". O importante está no conceito de não se deixar levar pelo capitalismo, e só usar roupas Grifadas por outras pessoas. O conceito para se vestir como um Ecolover é simples; Vista-se como quiser, reaproveiter sempre que der e nunca deixe as marcas acima do seu espírito.

Se depois desse post você ficou muito preocupado por que não se encaixou em nenhum dos pontos citados, relaxe, te indico o post acima sobre os EcoManiacs!.

1h100Pc Se Liga! Desliga.

Imagem: GreenTreeapparel.com

13 Coisas ousadas para se fazer na Copa do Mundo


Como a maioria dos brasileiros irão curtir a copa lá da África, o jeito é fazer milhares de coisas para curtir daqui mesmo. Universitários criaram um manual com 13 dicas de como curtir o melhor da copa. 

Manual dos que não Foram

1) Primeiro, se você não foi para Copa por causa do seu chefe e não tem mais ninguém "para matar" na sua família, simule um incêndio;
2) Se for assistir aos jogos em casa, previna-se de uma má transmissão da TV. Compre um “Bom Bril” para sua antena;
3) Se a sua TV é tão ruim e o Bom Bril não funcionou, chame a galera e vá para frente das Casas Bahia. Se aparecer alguém querendo vender, diga “SÓ AMANHÃ!!”
4) Se sua namorada é um grude e não entende nada de futebol, assuma que o Kaká é mais bonito que você e fale para ela prestar atenção só nele durante os jogos;
5) Disse que o Kaká é mais bonito que você, e mesmo assim ela não colabora? Mande ela para escanteio;
6) Se a camisa oficial do Brasil está cara, pegue aquela camiseta velha e pinte com tinta guache. Afinal, customização está na moda;
7) Queridas mulheres: se seu marido não bate um bolão mostre o cartão;
8) E se, além disso, ele ainda convida todos os amigos para o almoço e você não quer assistir o jogo da cozinha, avise que o cardápio vai terminar em pizza.
9) Se a galera curtir pipoca e você não quer perder nenhum lance se ela acabar, coloque um microondas na sala;
10) Se seu filho não fica quieto durante o jogo, fale que o Tévez vai puxar o pé dele à noite;
11) Se sua querida sogra não te deixa em paz, mande ela pros hermanos;
12) Si usted es argentino, se encuentre com mi sogra;

13) E se tudo isso não funcionar, acesse nosso twitter (
www.twitter.com/manualqnf) e mande as suas dicas de como curtir a Copa mesmo estando no Brasil!
14) (...estamos escolhendo)
15) (...pode ser a sua!)
Você pode ajudar a  preencher os tópicos 14 e 15. Acesse www.twitter.com/manualqnf e mande a sua dica para curtir a copa aqui no Brasil.

Você ainda pode fazer o download do manual. E se quiser ajudar a preencher os tópicos que faltaram, lembre-se de dar dicas responsáveis e que não poluam o meio ambiente.

domingo, 30 de maio de 2010

Para os nosso amigos publicitários!


"A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado. A imaginação envolve o mundo."
Nada mais justo do que fazer um post em homenagem ao nosso querido cientista cabeludo e que tira foto mostrando a lingua. Confesso que depois que lí essa frase pensei em milhares de coisas e quem diria que antes de falarem em globalização, Albert Einstein já filosofava sobre publicidade mundial.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Como poderia ser o futuro estádio do Corinthians


O Corinthians conta com 14% dos torcedores brasileiros. Alguns indicam que nos últimos anos o número de torcedores cresceram tanto que até se iguala a do Flamengo, por muitos anos considerada a maior do Brasil.

O fato é que esses milhares de torcedores quando falam de futebol com amigos, por mais que se esforcem para mostrar o quanto o clube é grande ainda não conquistou um título internacional e se quer construiu um estádio com capacidade para jogos oficiais.

Mas como em todas as coisas da vida, nós podemos tirar um ponto muito positivo. Já que o Corinthians ainda não construiu um estádio, por que não aproveitar e criar um 100% sustentável?

Exemplos de estádios com medidas sustentáveis e ecológicos nós temos milhares, mas vamos destacar o Aviva. O estádio tem uma estrutura linda e transparente, mas o que realmente chamará a atenção do público são as acções sustentáveis que norteiam o novo estádio. A começar pela estrutura transparente, que não apenas aumenta a imponência da construção como também permite a entrada de luz natural para as bancadas e salas internas.

“Nós esforçamos para criar um estádio digno das ocasiões desportivas que terão lugar dentro dele, bem como criar um edifício que trabalha em harmonia com a comunidade local e com o meio ambiente”, afirmou o director da Populous, Ben Vickery.

Ficamos na torcida para que depois de 100 anos a diretoria do Corinthians se posicione de maneira séria sobre a questão do estádio e pensem com responsabilidade nos materiais utilizados.

domingo, 23 de maio de 2010

O preço - Apagões 2001


Pra quem não sabe, eu nasci a 22 anos atrás na capital sul-matogrossense. Faço parte de uma família unida que é formada pelo seu Gilmar, Mãe Alvira e meu irmão Guilherme. Como toda boa família, passamos por bons e maus momentos. Um dos mais difíceis foi no ano de 2001 quando meu pai foi trabalhar nos Estados Unidos.

O ano de 2001 foi marcado pelos atentados terroristas que o EUA sofreu vindo do grupo Al Qaeda, mas o Brasil também passava por um momento bem complicado. O país atravessava uma crise de energia muito grande, as águas de diversas usinas se encontravam muito abaixo dos níveis, além das doenças respiratórias causadas pela seca, o país sofreu com os diversos apagões.

"A crise ocorreu por uma soma de fatores: as poucas chuvas, e a falta de planejamento e ausência de investimentos em geração e distribuição de energia. Com a escassez de chuva, o nível de água dos reservatórios das hidroelétricas baixou e os brasileiros foram obrigados a racionar energia" ( Wikipédia )

As quedas de energia que antes só ocorriam em momentos de grandes chuvas, agora se tornaram corriqueiras. Certa vez estava jogando futebol no campo do grêmio da cidade, quando depois de uma jogada de escanteio, acabou a luz. Que sensação ruim! O que estava normal de repente se transforma em caos.

Quem viveu no Brasil nessa época com certeza tem alguma história para contar sobre as inusitadas quedas de energia.

Os brasileiros pela primeira vez sentiram na pele os efeitos colaterais de um clima estranho, de estações loucas do ano e falta de investimento na distribuição dos recursos naturais. Com o surgimento da crise também surgiram projetos que incentivassem as pessoas a economizarem energia, e talvez por causa do aumento do preço na conta de energia, os brasileiros foram forçados a aprenderem a racionar.

Como a internet não tinha a estrutura que tem hoje o jeito era veicular as campanhas ideológicas pedindo para que as pessoas desligassem as luzes de maneira incessante na televisão e no rádio.

O lado bom dessa crise de energia, foi que muitos brasileiros aprenderam forçadamente a economizar energia, e a praticarem atitudes simples que davam resultados.

Passada a crise o meu pai retornou dos Estados Unidos, e por não ter passado pela experiência de ficar sem energia, sempre que saia dos quartos deixava as luzes ligadas, e nem se preocupava em poupar energia.

Observando hoje depois de 9 anos chego a conclusão de que o ser humano só irá começar a ter hábitos mais responsáveis, quando começar a sofrer as conseqüências de seus atos. Quando começar a faltar luz, água e acreditem até mesmo o ar puro, o ser humano de maneira desesperada começará a ser mais responsável e buscar por saúde.

Dura conclusão, mas infelizmente muitas pessoas só aprendem quando sentem na pele. Gostaria de agradecer ao meu pai por despertar em mim uma visão crítica do assunto, já que todas as vezes que ele deixava uma luz ligada, eu reclamava e as vezes discutia.

Se você teve paciência para ler esse post, gostaria de te pedir que refletisse hoje nas suas atitudes. Você realmente sabe o quanto custa um copo de água? E o quanto custa deixar o computador ligado enquanto não está utilizando?

O preço que iremos pagar por esses atos será muito alto. Comece a ter atitudes mais responsáveis, desligar o computador por uma hora e indo praticar atividades que não consumam energia já é um ótimo início.

1h100Pc Se Liga! Desliga.

Postado por Jonhnes Carvalho

sábado, 22 de maio de 2010

Parabéns LH


A campanha 1h100PC Se Liga! Desliga. surgiu em meados de dezembro de 2008, após a realização de um trabalho experimental do curso de publicidade e propaganda do Unasp-EC.

A turma foi dividida em grupos, e cada grupo contava com a acessoria de um professor para a realização dos trabalhos. A função dos professores era de guiar as agências para que escolhessem bons assuntos, e que no desenvolver do trabalho evoluíssem e aprendessem.


Todos os professores foram muito bem, mas um foi além. E é isso tipo de profissional que o professor Luis Henrique é, um cara muito inteligente, com uma ótima didática de aula e acima de tudo com uma visão surpreendente de comunicação.


O LH foi o responsável por reprovar a primeira proposta apresentada pelo grupo, e o responsável por dar o norte de que os alunos da agência Puzzle deveriam desenvolver, uma campanha que incentivasse os pequenos atos, que unidos dariam um grande resultado.


Foi então que surgiu o projeto 1h100Pc Se Liga! Desliga. uma campanha que incentiva as pessoas a desligarem o computador por 1hora e a praticar qualquer atividade que não consuma energia, com o objetivo de diminuir as emissões de CO².


Esse post é uma homenagem simples, a um professor que foi muito além da sua função e que mudou a vida de um jovem sonhador.


LH, gostaríamos de te parabenizar por mais um aniversário e pedir que Deus abençoe muito sua vida.
Algumas pessoas ajudam as outras, você é daquelas que além de ajudar, muda suas vidas para melhor.

Um grande abraço.


Jonhnes Carvalho e Priscila Souza - Colaboradores da 1h100Pc Se Liga! Desliga.